Fiscalização com radares móveis volta a ser feita em pelo menos 20 pontos em estradas federais do RS

No RS, pelo menos 20 trechos de rodovias federais voltaram a ser monitorados por radares móveis — Foto: Reprodução/RBS TV

Publicado em: 25 de dezembro de 2019

Pouco mais de quatro meses da decisão do presidente Jair Bolsonaro de suspender o uso de radares móveis em rodovias federais, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) voltou a a usar radares móveis e portáteis na segunda-feira (23).

De acordo com uma nota divulgada pela PRF, os radares móveis são distribuídos em trechos de acordo com estudos técnicos que pontuam locais críticos para acidentes. De uma lista, que no total tem 500 trechos, 20 são no Rio Grande do Sul.

Portanto, a fiscalização foi retomada em pelo menos 20 pontos de estradas gaúchas.

Entre os dias 15 de agosto e 30 de novembro deste ano, a quantidade de acidentes em rodovias federais no país aumentou 6,8%, se comparado ao mesmo período de 2018. Já no número de infrações registradas nas rodovias federais, a queda foi de 27% no mesmo período, entre 2019 e 2018.

Confira os trechos das rodovias federais gaúchas

BR-116

  • Do km 140 até km 150
  • Do km 150 até km 160
  • Do km 220 até km 230
  • Do km 230 até km 240
  • Do km 240 até km 250
  • Do km 250 até km 260
  • Do km 260 até km 270
  • BR-386
  • Do km 340 até o km 350
  • Do km 410 até o km 420

BR-290

  • Do km 90 até o km 100
  • Do km 100 até o km 110
  • Do km 140 até o km 150

BR-392

  • Do km 0 até o km 10
  • Do km 350 até o km 360

BR-470

  • Do km 170 até o 180
  • Do km 210 até o km 220
  • Do km 220 até o km 230

BR-158

  • Do km 320 até o km 330

BR-153

  • Do km 40 até o km 50

BR-287

  • Do km 240 até o km 250

Rodovias estaduais

Nas estradas estaduais, a localização da fiscalização móvel será divulgada semanalmente pelos canais de comunicação do governo do estado. Nesta semana, os pardais estarão nas seguintes rodovias:

  • ERS-324, entre Passo Fundo e Iraí
  • ERS-135, entre Passo Fundo e Erechim
  • RSC-287, entre Tabaí e Santa Maria
  • ERS-734, entre Rio Grande e Cassino
  • Rota do Sol, entre Caxias do Sul e Terra de Areia
  • Estrada do Mar, entre Osório e Torres

Durante todo o período veraneio, cerca de 80 radares móveis reforçam o monitoramento nas estradas estaduais.

Apesar dos números mostrarem uma mudança, o retorno da fiscalização divide opiniões.

“Eu acho interessante. Diminui a velocidade dos carros e diminui o número de acidentes”, pontua o médico Jorge Nazário.

Por outro lado, há quem pense que não seja necessária a fiscalização.

“Eu acho que não precisa, só pra gerar multa”, opina o motorista Mauro Araújo.

Escrito por:

-->

Compartilhe: